Inicio Benfica Schmidt não espera perder titulares do Benfica, incluindo Enzo Fernández

Schmidt não espera perder titulares do Benfica, incluindo Enzo Fernández

Treinador do Benfica admitiu que vai ser díficl renovar com Grimaldo porque ” “é um grande jogador e termina o contrato no verão”.

O treinador do Benfica, Roger Schmidt, disse esta quarta-feira que não espera perder qualquer titular na atual ‘janela’ do mercado de transferências de futebol, incluindo Enzo Fernández, mas revelou-se “realista” sobre a situação de Grimaldo.
Questionado sobre o futuro do médio argentino, o técnico ‘encarnado’ foi perentório em afirmar que “sim, claro” que espera que Enzo se mantenha no Benfica e estendeu a sua confiança aos restantes jogadores mais utilizados nesta temporada.

“Quando olho para o Enzo [Fernández] a jogar no Benfica, vejo um jogador em grande forma, muito feliz por jogar no clube e sem nada mais na cabeça. Não espero perder nenhum dos jogadores que estão habitualmente no ‘onze’ inicial. Vejo-os muito focados e é por isso que espero que ele fique”, afirmou o treinador alemão.

Já sobre Grimaldo, reconheceu que “é difícil” renovar com o lateral esquerdo, porque “é um grande jogador e termina o contrato no verão”, mas destacou a “atitude e motivação” do espanhol e frisou que o Benfica está a fazer tudo para mantê-lo nas próximas épocas.

“Pela minha parte, quero continuar a trabalhar com o Grimaldo, mas sou realista, sei como é o negócio do futebol. Tentamos o nosso melhor e, depois, a decisão é do Grimaldo e nós aceitaremos o que decidir. Espero que fique. Se não ficar, irá dar o seu melhor até ao último segundo pelo Benfica. Estou 100% seguro disso”, confidenciou.

Antes, por outro lado, Schmidt explicou porque é que o Benfica está tão ativo a contratar e a libertar jogadores no atual mercado de transferências, lembrando que ter 39 jogadores em estágio, como teve no verão, “é demasiado” e que, por isso, o clube está a tentar “reduzir e também melhorar” o plantel, um processo que ainda não está concluído.

“Estamos a meio disso. Ainda restam alguns dias, já tomámos algumas decisões, alguns jogadores saíram, outros entraram, veremos se algo mais acontece. Mas, neste momento, estamos muito focados nos jogos, porque é um momento muito decisivo da época”, explicou Schmidt.

Nesse sentido, o Benfica visita na quinta-feira o Paços de Ferreira, último classificado do campeonato, em partida antecipada da 20.ª jornada da I Liga, que terá a maioria dos jogos apenas no segundo fim de semana de fevereiro.

Sobre o encontro, Schmidt lembrou que as equipas que lutam pela manutenção “são sempre perigosas, especialmente quando jogam em casa”, frisou que não avaliou o Paços de Ferreira “pela classificação” e considerou que a equipa orientada por César Peixoto tem mesmo “todas as possibilidades de conseguir a manutenção”.

“Têm qualidade individual, uma ideia de jogo, muitos jogadores experientes. Não vamos subestimá-los, precisamos de uma grande prestação amanhã [quinta-feira] para termos a oportunidade de somar os três pontos”, elogiou.

A visita do Benfica ao Paços de Ferreira tem início marcado para as 20h15 de quinta-feira, no Estádio Capital do Móvel, com arbitragem de Luís Godinho (AF Évora).

Se vencer, a equipa orientada por Roger Schmidt aumenta para sete pontos a vantagem sobre o segundo classificado, o Sporting de Braga, e para oito pontos sobre o terceiro, o FC Porto, mas com mais um jogo disputado do que os perseguidores.

RELACIONADOS

Popular